Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???
Cliquem pra ver!

♥ Uma Páscoa beeeeeeeeeeeeem diferente!! E uma pausa!!!" ♥



Muitas vezes já falei por aqui que não me dou bem com marcação de horários para nada.

São tantas coisas importantes que devemos cumprir horários que para as menos importantes, me recuso a agendar como compromissos.

Assim, quando por exemplo,resolvo ir ao salão para arrumar , pintar os cabelos, não marco hora e telefono, já pensando:

-Se der, deu...Senão, eu mesma dou um jeito...

Assim, hoje, foi um desses dias.

Então ,resolvi que queria dar uma "mudadinha" no meu colorido capilar,rsrsrs...

E assim fiz:

Descolori os cabelos, tudo como "aprendi" olhando as profissionais fazerem e após, passei a tinta propriamente dita.

O resultado foi fascinante: Podia ser confundida com um mico- leão dourado!!!

Agora, para passar a Páscoa um pouco melhorada, amanhã cedinho aplico nova camada de tinta, tentando remediar a coisa linda que ficou...

De repente, de tanta química, posso correr o risco de passar a Páscoa mais linda ainda: carequinha.

Aí, me resta ir à festinha de peruca ou chapéu...Estou resolvendo ainda!

Quanto às perucas , estou com essas duvidas:






Isso pra mostrar que não tem competência não deve se meter de pato a ganso!!!

Guenta,Chica! Quem mandou?

Mas a verdade é que nós, mulheres, quando embestamos uma coisa, nem pensamos mais em nada.

Vamos à luta!

000o000o000o000

* Texto escrito perto da Páscoa de 2009...verídico...!  E já foi  publicado no 

cronicasdachica.blogspot.com em 01.04.10. Muitos já o leram, os que me seguem há um tempão. Trago aqui para os que não o leram.

(((o)))o(((o)))o(((o)))



Aproveito pra deixar aqui  meus votos de uma linda e doce Páscoa e obrigado pelas presenças e carinhos sempre!


Farei uma pausa bem justificada: Nosso filho da Inglaterra vem com um dos netos passar a Páscoa e uns dias por aqui!


Coisa boa, então! E agora?

Tenho que me preparar!! Vou lá ligeirinho pintar os cabelos,rsrs O que acham??

 Enquanto estou EM PAUSA em todos os blogs, apenas o

 canteirosdavida.blogspot.com

 ficará aberto e lá, sempre que der mostro nossa farra em família.
chica

♥ Aflição... ♥


 Edição VISUAL do Bloinquês:


(((o)))o(((o)))o(((o)))


Era noite e Beatriz voltava do trabalho.

Seguia apressada pela rua...

Ouvia passos...

Seu coração acelerava...

_O que faço?

_Como faço pra escapar? Serei atacada agora!

Nessa hora, volta à infância e seus medos, suas visões daquele homem, seu padastro lhe perseguindo pela casa...
Corria, fugia, se escondia.

Tudo preteou em sua mente, viu-se sentada, acuada, tapando o rostinho, com apenas nove anos de idade.Era uma menininha e não era respeitada como tal.

Caiu então desmaiada...

Ao longe, muito ao longe, continuava a ouvir passos...Que apenas passavam! Nem ao menos a viam!

Tudo isso como outrora acontecia...

Contava aos adultos e eles  também não a ouviam... Nem a viam... Apenas aquele desgraçado homem a via e com olhos que ela nem quer mais lembrar!

Hoje, ela ainda  pena quando tais cenas lhe voltavam à mente..

E se entristece ao ver que tais fatos AINDA acontecem e  AINDA não são vistos ou lhes dado a devida importância...


* Saiu um texto forte, mas  a inspiração me fez falar assim...E daqui vai um alerta aos pais que ouçam, vejam seus filhos...

♥ Estamos ao teu lado! ♥





Edição Cartas do Bloinquês.

Tema: Obsessão não é amor.

(((o)))o(((o)))o(((o)))


Vila do Pé no Chão,20 de março de 2012.



Querida Franciele,


Respondendo à tua cartinha onde abriste o teu coração, vim , o ,mais rápido que pude, te dizer o que segue:

_Esse homem nunca nos enganou!
 Sabíamos muito bem que tipo ele era  apesar de sua carinha de santinho, com olhinhos de pingar mel, parecendo loucamente apaixonado...
Aliás uma coisa era certa: Ele é realmente" loucamente apaixonado", mas de forma doentia, LOUCA e absurda. Um psicopata...

Agora tivemos as provas e,finalmente, tu o viste com olhos de VER!

Naquele dia em que fomos registrar a ocorrência policial, devido as ameaças e ele se mostrou bonzinho, arrependido, calmo para ti, mas  a nós, teus pais, ele não enganou!

Porém como tu dele gostavas, estavas também cega por amor!

E o teu sim, era amor que, agora vemos, ele matou!

Ele confundia AMOR com OBSESSÃO.

Não sabia ouvir um NÃO...

Não admitia ouvir um "NÃO TE QUERO MAIS".
Não sabia , nem sabe ,PERDER!


E, por isso usa de estratégias baixas assim, Mas, se pensares um pouco,verás que são essas TÃO BAIXAS QUANTO  ELE!


Ainda bem estamos em fase final desse processo e logo ele será condenado.

E tu então, em liberdade, tenho certeza, encontrarás um amor que te mereça.

E, tomara dessa vez, seja assim mesmo!

No aguardo de mais notícias e das boas,de preferência, deixamos  um beijão

Teu pai, Floriano e mãe, Epifânia , que te amam muito e estão sempre ao teu lado, venha o que vier!



* Imagem DAQUI

♥ Não espere...Faça!!! E ...CANTE,rsrs ♥




Rosa preguiçosamente passava pela área de serviço, onde seu cachorro tinha seu cantinho das necessidades.

Buscava o que lá queria, voltava.

Passava, via o cocô e lá deixava, por pensar ser "viva", esperta:

_ Há de passar alguém que pense ser o primeiro a ver e, conforme as regras da casa, então há de limpar.

Depois de um tempo, foi pendurar uma roupa e ...seu pé ficou todo sujo.

_ Por que não limpei antes? pensou...


Agora, seu trabalho redobrou!!!

E, enquanto limpa o chão, o chinelo e pés, canta:

_ AH, se te pego!Ai,Ai!rssr

♥ Precisamos muito pouco para ser feliz ♥



Para participar da Blogagem Coletiva promovida pelas amigas
                       ROSA.  ROSÉLIA e  RUTE



(((o)))o(((o)))o(((o)))



Era noite!

Casal assistindo juntos a televisão...

Uma súbita falta de luz, mostra a escuridão.

Ficam ali juntos, aconchegados,esperando a luz voltar.

A escuridão já não se mostrava tão escura assim...Pouco a pouco, suas vistas iam se acostumando e pareciam ver o que os rodeava. Estranha sensação!

Como demorava, foram preparar-se para dormir.

Ela, passou numa de suas gavetas e de lá retirou uma lanterna grande e outra bem menor.

Deitaram...

De repente, num ímpeto infantil, pega as lanternas e começa a iluminar seu rosto no qual podiam ver caretas fantasmagóricas...

Depois, os fachos de luz foram direcionados aos quadros do quarto, e finalmente, ao teto.

Ali, ficou formando, com movimentos circulares, lindas imagens, parecendo um caleidoscópio.Grandes risadas os dois deram...Bobagens !

Bobagens, mas se divertiram com aquela brincadeira.

Olhar para aquele teto escuro e misturar luzes de diferentes tamanhos a ele , a fez pensar em como podemos transformar escuridões da vida em luzes, em brilhos.

Tão fácil!

Basta não dar muita importância à ela que quer se mostrar diante de nós.

Brincar com ela...Foi uma noite linda!

Sem luz, mas iluminada pelos sorrisos dos corações que brincavam felizes.


Dormiram em paz, embalados pelo amor ... alma leve...


Se a luz voltou, nem perceberam...Chica


♥ Quando a chave falta... ♥




Edição conto/história do Bloinquês

Tema: Notou que havia perdido a chave e não conseguiu entrar.


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Na casa de Tereza o amor passava longe.

Seus  pais apenas a haviam fabricado, sem nenhuma noção. Fora um momento de sexo e , segundo a  mãe, um momento apenas ...Sem nada mais importante, sem sentimento algum...

E por desgraça, como a própria mãe dizia, dela engravidara.

Assim, Tereza nasceu e se criou.

Tentava passar seus dias  alegremente, com doçura e tinha uma garra e boa vontade com a vida.

Anos e anos passaram e ela na universidade percebe que Rodrigo sentia algo por ela.

Várias vezes tinha isso declarado.Ela ignorava. Fingia  não entender e seguiam juntos, apesar de cursos diferentes estudando, fazendo trabalhos e até passeando nas horas de folga.

Certa noite, ao voltarem para casa, Rodrigo lhe disse que precisava falar e dessa vez, não brincava. Estava sério, sisudo.

E , ao sentarem em um barzinho, para conversar,lhe pediu:

_ Vamos nos casar? Gosto muito de ti e sei que tu também sentes isso por mim.

Ela nem pestanejou:

_ NÃO! Isso NUNCA!

Rodrigo a segurou pela mão e levou embora e, na despedida,disse que ela havia tomado uma decisão , mas que ele também tinha, naquele minuto, decidido não insistir.

Porém, não queria mais ficar perto dela, para não sofrer e alimentar ilusões.

E assim foi.

 Ambos concluíram seus   cursos e no dia da formatura de Rodrigo ela resolveu aparecer lá.
Queria dar um abraço e lhe dizer que ainda pensava muito nele e sentia sua falta.

Após a cerimônia, viu a família dele e resolveu chegar perto, o que facilitaria o abraço.

E de repente, ele aparece, feliz, com seu canudo na mão. Era um vitorioso. ela o sabia! E vinha de braços abertos para um abraço...

Ela se preparou...

 Porém, ele correu ao encontro de uma outra pessoa, uma moça linda e sorridente .

Tereza a olha bem e nota uma barriguinha...

Ela estava grávida e vê , de longe, Rodrigo mostra ao filho, na barriga da mãe, o canudo que carregava, num gesto de quem o oferece...


Ela sai dali triste, arrasada.
Naquela hora, só então, notou que havia perdido a chave e não conseguiu entrar, nem nunca mais  conseguiria chegar perto do coração de Rodrigo.


A chave era o AMOR e ela o temera, dele fugira.


Agora, consciente da situação, triste, toma uma decisão...


Sua vida haveria de mudar!


Desejava ao Rodrigo toda felicidade para ele e sua nova família, mas teria que correr atrás do amor e para isso, precisava abrir o coração.


Nunca mais perderia nenhuma dessas chaves... Não queria pra si a vida de sua mãe.


E saiu resoluta.


Naquela noite, fechara um capítulo de sua vida, mas muitas páginas, lindas e agora cor de rosa, haveriam de vir. Ela merecia!


* Imagem daqui

♥ Como me sinto amada? ♥



Essa foi minha Participação para o CONVITE lá da Norma


Amor é uma palavra universal, contudo singular em sua expressão. A proposição desta série é que você mostre, na modalidade que desejar (prosa, conto, versos, entre outras) de preferência da sua autoria, como você se sente amada (o).

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Parei para pensar sobre o que  faz  sentir-me amada...
"Meu amor","minha querida", não preciso escutar.
Não gosto, nunca suportei palavras  tão "manjadas",
para falar de um amor que no peito  tem o seu lugar...

Assim,  palavras nossas palavras criamos
bobagens, apelidos carinhosos, brincadeiras...
Nada melhor do que um carinho, um olhar, um simples risinho
vindo dos olhos ou dos lábios daqueles que amamos...

 É simples me sentir amada
tantas pequenas coisinhas nos permitem essa sensação
sobretudo, sendo sempre respeitada,
vivendo no dia a dia, ao lado e do lado, daquele que temos no coração!

Basta que nada  por nós seja complicado,
até no amor, fala mais alto a simplicidade!
Saber tornar grandes, cada pequeno momento  compartilhado
 e assim, vamos nos sentindo, JUNTOS, amados de verdade!!!

Isso vale muito! Os que estão iniciando, podem acreditar!
Tudo, todos os problemas juntos, lado a lado , nos faz enfrentar!
Essa certeza da cumplicidade, do poder em todas as horas contar
Nos leva adiante, sempre e sempre mais, vendo nosso amor se multiplicar!






♥ Apesar de... ♥

EDIÇÃO VISUAL do Bloinquês

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Faltavam alguns minutos ainda.

Espera angustiante,mas necessária.

Marcio e Nita haviam recebido um aviso de uma  pessoa que se dizia amiga de sua filha Leandra ,  que com a mesma estaria preocupada. Por isso, os alertava.

_Acreditar ou não acreditar? Dialogavam pai e mãe.

 _ Puxa, onde falhamos?

_Ora, mulher! Em deixá-la passar noites e noites na internet falando com amigos e mais amigos...

_Por que ela não nos comentou nada?

-Bem , logo haveremos de descobrir.

Passaram-se os minutos, cinco, dez, vinte, meia hora...

Nada de avistarem Leandra que, segundo aviso, estaria se encontrando com um homem de mais de cinquenta anos que se dizia por ela apaixonado.

_Estamos no lugar certo?

_Claro que sim! Diante da "Confeitaria Dolcinno," seria o combinado.

Como o tempo passara, eles já com medo de ficarem ali , resolveram ligar para  o celular da filha.

 _Ela não atendia e estava na caixa de mensagens.

Ligam para casa  e lá também ela ainda não havia chegado.

Resolvem voltar, intrigados com aquilo.

Estacionam o carro na garagem, entram em casa e ao girar a chave verificam que a mesma havia sido aberta.

Chegam até a sala, tudo revirado!

Nita corre até o cofre... Aberto e nada mais dentro.

Como fomos idiotas!!!

Fomos vítimas de um golpe para de casa nos afastar e eles poderem trabalhar por um tempinho aqui em casa tranquilos...

_Como foi acontecer?

Nessa hora, chega Leandra e ao ver tudo assim daquele jeito se assusta.

_ Foi por tua causa, esbrabeja o pai! TUA!!!

_ Mas o que aconteceu?

Nita chorando conta à filha que pasma escuta tudo aquilo.

_Só tenho a dizer duas coisas, papai e mamãe:

Que PENA!
Que PENA!!!

Primeiro pena  pelo ocorrido e segundo, pena por vocês não terem confiança em mim.

Saiu dali, subiu as escadas, trancou-se no quarto, furiosa, chorando!

Passa um pouco de tempo, os pais foram até ela e pediram desculpas.

Ela, já tranquila, responde:

_Pensei bem e já ia descer.

Vocês fizeram isso, se arriscaram por mim, pelo medo de que me fizessem algum mal, tudo isso aconteceu.

Venham cá para um abraço e vamos juntos organizar tudo...

Foram-se nossos dólares, nossas jóias, ipads e tantas coisas mais. Porém nunca hão de conseguir levar o nosso amor.

Vamos nessa!Em frente! Unidos sempre!

Conseguiram rir deles mesmos ...


♥ As havaianas de Rosa...♥




Todos sabem  e conhecem a propaganda:
"As verdadeiras HAVAIANAS  não soltam as tiras."

 E realmente são boas mesmo.
Rosa  usa só delas.

Pois ela voltava das férias e viajava por uma BR daquelas de" levantar  cabelos até em ovo", de tão perigosa e agitada, quando, plac...

Seu pé fica sem a sandália. As tiras tinham arrebentado.
_ Mas como? Pensa Rosa espantada!

Seguem a viagem e Rosa com um dos pés descalços.

Ao chegar em casa, Sente algo estranho, machucando seu pé. Olha e vê uma enorme bolha.Parecia que iria cair uma lasca da sola dele, tão vermelho e "assado"...

Comenta com o marido, tranquilo e calmo e ele lhe diz:
_ Se não ficasses de co- piloto, freando, freando...E deu uma risadinha! Então ela entendeu a mensagem cifrada,rs...

Assim, nem as poderosas resistiriam.

Agora,Rosa decidiu...

Antes de viajar,vai tomar maracujina ...

* Imagem Daqui

Parece até comercial,mas é verídico!!!

♥ Uma cadeira e o cansaço... ♥


Na casa de Débora, já escurecia!

Cadeira no chão atirada...

Desânimo, falta de vontade...

Quantas vezes  em nossas vidas  vemos cadeiras cair, perdemos nosso "assento"?

E por falta de garra, ficamos à beira do caminho sentadas.

_Isso adianta? Não, até Débora disso sabia.

Mas também ela , dentro dela sentia...

O cansaço por vezes a dominava.

Aprendeu então a virar todas as cadeiras de seu caminho, ir ao fundo do poço e lá pegar o impulso para subir...

E nesse retorno, uma a uma, as cadeiras ia virando e no lugar colocando!

Sentia-se melhor!

* Inspiração veio dessa imagem que vi    no  blog amigo.